Notícias Regionais

Estudantes de medicina são presos com anabolizantes, abortivos e estimulantes sexuais

Lisboa Móveis Parceiro da Rádio R desde 2008

Dois estudantes de medicina, um homem de 28 anos e uma mulher de 39 anos, foram presos no sábado (17) na BR-277, em Cascavel, transportando 1.912 unidades de medicamentos importados ilegalmente do Paraguai. Entre os medicamentos estavam esteroides anabolizantes, abortivos e estimulantes sexuais. As mercadorias estavam escondidas em fundos falsos.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região

 Além dos fracos, ampolas e comprimidos, também foi apreendido um pacote de 1,1 quilo de cocaína. Um segundo pacote com cerca de um quilo de outra substância em pó foi encontrado, mas não foi possível fazer a sua identificação no local da abordagem. De acordo com os presos, trata-se de enantato de testosterona, um tipo de anabolizante.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os estudantes – que cursam medicina no Paraguai – estavam muito nervosos durante a abordagem, o que motivou uma fiscalização mais detalhada no veículo. A mercadoria foi encontrada dentro das quatro portas e do encosto dos dois bancos dianteiros do carro. A carga seria entregue em Maringá.

Os dois presos irão responder pelo crime de importar ilegalmente produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, previsto no artigo 273 do Código Penal. A pena varia de dez a 15 anos de prisão. Eles também responderão por tráfico de drogas, cuja pena vai de cinco a 15 anos. A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

Fonte: Rede Massa