Notícias Regionais

Juntos na vida e na morte: após 50 anos juntos casal de idosos morre com diferença de cinco minutos

Lisboa Móveis Parceiro da Rádio R desde 2008

Juntos por mais de 50 anos, o casal Delvino Zanco, de 74 anos, e Maria Soleni Zanco, 72, morreu com apenas cinco minutos de diferença em Passo Fundo (RS), segundo o Hospital São Vicente de Paulo, onde eles ficaram internados por cinco dias. Os idosos tinham recebido alta pouco tempo antes, mas ambos precisaram regressar.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região

Chaiane Zanco, de 24 anos, contou que seus avós estavam em quartos separados num mesmo corredor da unidade. Enquanto sua mãe e um de seus tios estavam no quarto do avô, recebendo a notícia da morte dele, decorrente de uma parada cardíaca, uma enfermeira entrou no local para avisá-los que a avó também tinha morrido.

Delvino, que havia descoberto ter leucemia há cerca de dois meses antes, completou 74 anos nesta segunda-feira. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a baixa imunidade do paciente resultou num agravamento da pneumonia que ele havia contraído, e o idoso morreu às 9h25 desta segunda-feira.

A dona Maria Soleni, porém, tinha um histórico de três casos de acidente vascular cerebral (AVC). Com sequelas, já havia passado por outras internações. Seu estado que, segundo a neta, já estava delicado, se complicou nos últimos dias também devido a uma pneumonia. A morte dela foi registrada às 9h30 do mesmo dia que a do marido.

— Ele acabou cuidando dela nesses anos, mas sempre gostou de fazer comida. Meu avô gostava da horta que ele tinha na casa onde viveu com minha avó — afirmou. — Depois que a leucemia foi descoberta, eles vieram morar conosco. Ficaram quatro gerações na mesma casa: minha vó, minha mãe, eu e minha filha, que tem 6 anos. Mas a gente sempre cuidou deles, mesmo quando morávamos em casas diferentes. Sempre tentamos fazer de tudo pra tentar amenizar (as dificuldades).

Delvino e Maria deixaram três filhos, quatro netos e dois bisnetos. A morte do casal emocionou a família. Alguns parentes usaram as redes sociais para escrever mensagens de despedida.

“Hoje nós vimos partir um AMOR… Amor daqueles que não é pra qualquer um, amor de verdade, de alma e coração, um amor que viveu nas ALEGRIAS E NAS TRISTEZAS comemorando a cada conquista e lutando junto a cada desafio. NA SAÚDE E NA DOENÇA. Se divertindo quando estavam sadios e cuidando um do outro quando a doença aos poucos veio chegando. Mas esse AMOR não parou por aí, foi muito além do ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE, pois nem mesmo a morte foi capaz de separar um amor tão lindo quanto o de vocês! Que com apenas alguns minutos de diferença partiram e foram viver esse amor lá no céu!”, diz uma das publicações.

Fonte: noti-cia.com