.
Notícias Regionais

Morte de mulher pode ter sido por suicídio ou feminicídio

Lisboa Móveis Parceiro da Rádio R desde 2008

A morte de uma mulher de 33 anos, encontrada com um fio de varal enrolado no pescoço na manhã desta segunda feira (24), em Campo Mourão, passou a ser investigada com mais cautela pela Polícia Civil após suspeitas de que ela pode ter sido vítima de feminicídio.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região 

Os primeiros indícios apontavam para o suicídio, mas uma briga registrada na tarde de domingo (23), entre ela e seu companheiro pode ter ocasionado um crime.

A Polícia Militar passou a procurar pleo o homem para obter mais esclarecimentos sobre o caso no momento ele não foi localizado. O corpo de S. de L., foi encontrado sem vida na área da residência, na rua Higienópolis (Vila Cândida), por volta das 07h30 desta segunda-feira.

A equipe da PM foi acionada e encontrou a mulher com o fio de varal enrolado no pescoço. Policiais civis também foram ao local para fazer a perícia e como não é descartada a hipótese de feminicídio, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde exame de autópsia vai apontar a causa do óbito.

Na tarde do dia anterior, a PM foi acionada para intervir na briga do casal que teria entrado em luta corporal. Como o casal havia brigado e até entrado em vias de fato, a hipótese de feminicídio passou a ser investigado pela Polícia Civil.

Mais tarde a Polícia Civil conseguiu encontrar o marido da mulher que foi levado para a Delegacia para ser interrogado. Um outro homem também foi encaminhado para a delegacia, pois segundo a polícia, a mulher teria comentado com sua irmã que se algo acontecesse com ela, essa pessoa seria responsável.

Os dois estão sendo interrogados na delegacia, enquanto o corpo de S. de L., 33 anos, está no IML para ser autopsiado para que a causa da morte seja esclarecida.

Mais informação em breve

Fonte: Noti-cia